Oii Leitores!

Fazia um tempinho que eu não postava resenha, então vamos lá!

O livro da vez é O Maravilhoso Agora (como diz o título do post xD)
TÍTULO ORIGINAL: The Wonderful Now
ANO: 2014
EDITORA: Record
PÁGINAS: 378



Sinopse:
Sutter Kelly é O Cara, o rei das festas. Porém, diferente dos amigos adolescentes, não está preocupado com o futuro, está mais interessado em viver o agora. Com um 7Up batizado nas mãos ele está pronto para qualquer coisa. Mas nem tudo anda bem para ele. Vive discutindo com a mãe, o pai há anos não dá notícias, e sua namorada Cassidy lhe deu um pé na bunda. Mas, em meio a esse caos, a doce Aimee pode despertar Sutter para outra realidade. E, pela primeira vez, ele tem o poder de fazer a diferença na vida de alguém, ou de arruiná-la para sempre.

Bemmm... Por onde começar? O Sutter (protagonista) tem uma personalidade pra lá de excêntrica, ele realmente não se importa com o futuro, e não é por poder morrer a qualquer momento, é pelo simples fato de ser mais fácil e prazeroso apenas aproveitar o agora e deixar a vida o levar pra onde for (ele tem uma pegada meio "Carpe Diem" xD). No começo eu adorava o Sutter, ele e seu jeito único de viver... Ele não era egoísta ou chato sabe? Pra vcs terem ideia no começo do livro ele se desvia completamente do seu caminho para deixar um menino, que estava tentando fugir, em casa!
Quando ele levou um toco da Cassidy e encontrou a Aimee, ele estava decidido a se tornar amigo da nerd excluída e torná-la forte o suficiente pra se impor sobre as pessoas que a oprimiam.

A Aimee tinha uma vida explorada, sua mãe e o padrasto não estavam nem ai pra ela, a amiga só se importava com sigo mesma. E pra variar ela ainda era completamente controlável.

Então no meio do livro o Sutter fica meio... Não sei definir em uma palavra então vou explicar... Ele queria simplesmente mostrar pra Aimee o quanto ela podia ir longe, viver uma vida incrível é simplesmente deixá-la... Porque o Sutter vive o momento. E ele era muito indeciso enquanto aos seus sentimentos...

O livro me prendeu, eu admito. Mas o final, bem... Talvez pudesse ser diferente.

Assim que terminei o livro, assisti o filme, que tem um final diferente, e na minha opinião melhor. Então se você leu o livro é não gostou do final, o filme é como um docinho sabe?
P.s.: quem interpreta a Aimee é a maravilhosa da Shai <3

-Observações: Apesar de tudo, eu entendo perfeitamente os personagens, e gostei muito do Sutter. No fim do livro registrei na minha mente uma continuação imaginaria que me fez dar um sorrisinho de "É assim!".

-Classificação: YA (young adult)

-Nota: 4/5 (o livro tem situações onde nós refletimos se estamos aproveitando a nossa vida, então a leitura vale a pena :3 é rapidinha e tem partes desde engraçadas a sérias.)

Então é isso gente :D
Espero que tenham gostado (não se esqueçam de deixar suas opiniões nos comentários)
Beijinhos :*


5 Comentários

  1. Oii Raquel!
    Adorei a resenha, eu até estava pensando em assistir o filme, e vou! Depois da sua resenha muitos livros da minha lista ultrapassaram O Maravilhoso Agora. haha
    Beijoo

    primaveraagridoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs
      Assista msm, e me diz oq vc achar :)
      A minha lista de livros pra comprar só aumenta, mas cadê o dinheiro :'(
      Ashuashua
      :*

      Excluir
  2. Oi Raquel!
    MEU DEUS QUE LIVRO PERFEITO!
    Com uma resenha dessa não tem quem não queira comprar o livro ou assistir o filme. Você soube muito bem pegar o que entendeu e jogar aqui no blog!
    Já quero e vou atrás o mais rápido possível!
    Beijos linda e amei a resenha! *-*
    sonhardevaneios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, amei a resenha. Já assisti o filme e gostei muito, mesmo com aquele final haha. Parabéns pelo blog.
    missliterary.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Raquel! Gostei da sua resenha e seu ponto de vista em relação ao Sutter, apesar de não ter lido o livro e ter assistido ao filme. Ainda quero ler o livro *-*

    Adorei seu blog, vou voltar aqui mais vezes <3

    http://lepetit-mari.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir