Olá leitores!
Hoje vim trazer um post bilíngue :D
Eu conheci através do instagram uma autora independente australiana e tive a oportuidade de ler seu livro em inglês! :3
Então vou separar o post em duas partes (uma em português e a outra em inglês)
Espero que gostem <3

Hello everyone!
Today I'll bring a bilingual post! :D
I met on instagram an australian author and I have the opportunity to read her book! :3
So the post will be split in two (one part in portuguese and another in english)
Hope u like <3

Português:
Título: The Guardian's Heart
•Tradução livre: O Coração do Guardião
Ano: 2016
Editora: Lançamento Independente
Páginas: 298
Autora: Gabriel Lea


•Sinopse: "Todo ser humano já sentiu o coração quebrado, mas Lilly não deveria estar sentindo isso ... não mais, porque ela não é mais humana. Seu tempo como humano terminou há muito tempo. Ela é uma Guardiã de Almas agora, dando orientação de além das estrelas, encarregada de vigiar as almas humanas em dificuldades. É seu trabalho escutar e ajudar sempre que pode, e não se enrolar em emoções humanas bagunçadas. Mas quando ela é sentenciada a acalmar o humano com os olhos verdes insondáveis e espírito esmagado, o impossível acontece. Ela é atraída por razões que ela não consegue entender, enquanto as emoções desordenadas puxam seu coração e os segredos tremem nas bordas de sua memória. Ela sabe que é contra as regras. Ela sabe que não está se comportando como ela própria, mas não consegue esconder a sensação de que eles estavam destinados a encontrar um ao outro, que ela de alguma forma conhece esse menino. É o destino, a magia, ou muito mais poder que penetrou o véu entre seus mundos e os trouxe cara a cara?"

•Minha Opinião:

    Apesar do livro ser em inglês eu não senti muita dificuldade na leitura com o meu nível, a narrativa da autora é bem descritiva e os parágrafos trazem uma escrita bonita. Para mostrar um pedaço do estilo da autora segue um trecho do prólogo:

    "Eu olhei em cima de muitas 'estrelas', por assim dizer, minúsculos pontos de luz lutando para serem vistos através do infinito preto. Eles podem parecer todos os mesmos à distância, mas vistos de perto, são tão variados e únicos como uma impressão digital."

    O universo criado é simples mas interessante: um mundo paralelo chamado Palacea onde os guardiões vivem, lá eles são treinados em diversas áreas para aprimorar suas habilidades. Os personagens não são do tipo que te fazem passar "raiva" com suas atitudes, acho que só teve dois momentos que eu quis muito entrar no livro e dizer para Lilly "é so vc fazer isso..." ashuashua. Os personagens secundarios tornam a leitura agradavel com suas aparições e diálogos descontraidos.

    O nosso personagem da terra, Jay, foi construido de uma forma interessante, ele tem uma leve depressão por causa de seu passado familiar que não é muito detallhado, mas por Lilly poder ver melhor seus sentimentos (já que ela é uma guardiã de almas) nós temos um panorama muito interessante dele.

    Os capítulos são alternados na visão de três personagens Lilly, Jay e Christian. Levei 3 dias com a leitura que fluiu bem, mas por ser em inglês foi um daqueles livros que eu precisava deitar na minha cama e me dedicar a ele. <3

English:
• Title: The Guardian's Heart
• Year: 2016
• Publisher: Launch Independent
• Pages: 298
• Author: Gabriel Lea


•Synopsis: "Every human being has felt heartbreak, but Lilly shouldn't be feeling that…not anymore, because she's no longer human. Her time as a human ended long ago. She’s a Soul Guardian now, lending guidance from beyond the stars, charged with watching over struggling human souls. It's her job to listen and help whenever she can, not get tangled up in messy human emotions. But when she’s sent to soothe the human with the fathomless green eyes and crushed spirit, the impossible happens. She's drawn to him for reasons she can't understand, while unruly emotions pull at her heart and secrets quiver at the edges of her memory. She knows it's against the rules. She knows she is not being her usual self, but she can't tamp down the feeling that they were meant to find each other, that she somehow knows this boy. Is it fate, magic, or a power much greater that has pierced the veil between their worlds and brought them face to face?"

•My Opinion:

    Although the book is in English I did not feel much difficulty in reading with my level, the narrative of the author is very descriptive and the paragraphs bring a beautiful writing. To show a piece of the style of the author follows an excerpt from the prologue:

    "I’ve gazed upon many ‘stars’, so to speak, tiny pricks of light struggling to be seen through infinite black. They might all appear the same from a distance, but viewed closely, are as varied and unique as a fingerprint."

    The universe created is simple but interesting: a parallel world called Palacea where the guardians live, there they are trained in several areas to hone their skills. The characters are not the type that make you "angry" with their attitudes, I think it only took two moments that I wanted very much to get into the book and say to Lilly "You just have to do that ..." haha. The secondary character made the reading pleasant with their appearances and dialogues.

    Our earth character, Jay, was built in an interesting way, he has a slight depression because of his family background that is not very detailed, but because Lilly can see better his feelings (since she is a guardian of souls) we have a very interesting overview of it.

    The chapters are alternated in the vision of three characters Lilly, Jay and Christian. I took 3 days with the reading that flowed well, but because the story is in English was one of those books that I needed to lie in my bed and dedicate myself to it. <3

Parte Final / Final part
Redes sociais da autora / social networks
- instagram @gabriellea.author
- Goodreads Gabriel Lea

Obrigada por lerem está resenha!
Está foi minha leitura mais recente, me contem nos comentários o que vocês estão lendo ou se conhecem/ já leram um livro estrangeiro em outra língua ^-^

Thanks for read this review!
This was my most recently reading, say to me in the comment box what are you reeding or with you have ever read a foreign book in another language ^-^


HEYY LEITORES!
Tudo bom com vcs?
Sem mais delongas vamos a retrospectiva literaria de 2016!

Em 2016 eu li 25 livros (9 a mais do que no ano passado)
Porem não cumpri minha meta pessoal de ler tds os livros que faltavam da estante :/ fica pra 2017 haha :D

Os livros foram:
-Por Lugares Incríveis
-Se Eu Ficar
-Nove Plantas do Desejo e a Flor de Estufa
-Feita de Fumaça e Osso
-Dias de Sangue e Estrelas
-Sonhos com Deuses e Monstros
-Recomeço
-Em Algum Lugar nas Estrelas
-Harry Potter e a Pedra Filosofal
-Em Busca de WondLa
-Deixe a Neve Cair
-The Turn Of The Screw
-Wunthering Heights

Nacionais:
-O Cortiço
-Senhora
-Memórias de Um Sargento de Milícias
-O Rei Cigano
-Mais que uma Escolha
-Maria do Sol
-Poemas de Origami
-Andrômeda
-Eu Me Chamo Antônio
-Um Ano Inesquecível
-Cinderela Pop
-A Hora da Verdade

Dentre eles, resolvi selecionar 5 como os meus preferidos e queridinhos!
Em ordem de leitura:


Por Lugares Incriveis
Gente essa foi minha primeira leitura do ano, e que leitura!
Um YA (young adult) muito delicado e tocante, com capitulos divididos na visão dos dois personagens principais, o que nós permite ter uma perspectiva maior dos fatos.
Com um final que me surpreendeu, esse livro ganhou um lugr no meu coraçãozinho de leitora :')

Feita de Fumaça e Osso
Esse é o primeiro livro de uma trilogia publicada pela Intrinseca, não nos poupando de emergir no mundo criado pela autora, com anjos (não do jeito que imaginamos) e monstrons (as quimeras). Confesso que no inicio do livro não me prendi muito pela narrativa da Karou (personagem principal), mas depois (lá pra página 80) a história simplesmente me prendeu e eu não conseguia parar de ler. O terceiro livro então foi uma leitura muito rápida pra mim, apesar de ele ter umas 400 paginas.
Amantes de ficção e fantasia devem dar uma chance pra essa trilogia!

Em Algum Lugar Nas Estrelas
Que livro mais encantador!
Com um toque de fantasia no olhar de uma criança de 12 anos e uma aventura, esse livro é simplesmente MARAVILHOSO!
Foi o primeiro livro da editora DarkSide que eu tive oportunidade de ler, a edição só fez a minha experiencia de leitura ainda melhor! Obg DarkSide ;)
E como se não bastasse dentro da história ainda temos outra historia! Quando vcs lerem (oq devem fazer logo rsrs) vcs vão entender *-*
O livro de algum modo é todo conectado, e você vê que tudo nele escrito, até as coisas mais "extraordinárias e impossíveis", têm um proposito.

Em Busca De WondLa
Esse livro foi uma das minhas últimas leituras de 2016, de algum modo ele deixou comigo um gostinho de crescimento, sabe? Como quando vc tá na pré-adolescencia e vê que não é mais criança. Não sei explicar, as situações e grande aventura da protagonista Eva me fizeram ver o crescimento da historia de um jeito tão legal e leve, com certeza é um livro juvenil que todos vão gostar!
Com um toque futurista muito bem enquadrado e ilustrações (do próprio autor) de cair o queixo, esse livro tinha que entrar nessa seleção! haha <3

Harry Potter e A Pedra Filosofal
SIMMM! Eu finalmente li Harry Potter haha
E que livro bom!
Eu sempre me perguntava se eu ia gostar do livro que td mundo associava a lembrança da infância, de esperar pela carta de Hogwarts... Mas eu amei! Eu não lembro de ter lido um livro com bruxos, mas eu fiquei tão encantada com a riqueza desse com as aulas, os feitiços, as criaturas mágicas... E o próprio Hagrid que ganhou meu coração com td seu amor por bichos!
Devo dizer que o primeiro capitulo que é quando Harry é deixado na casa dos Dursley me ganhou de primeira *-* acho que a J.K. sabe deixar a narrativa interessante de um jeito simples!

Então é isso gente,
espero que as leituras de 20016 de vcs tenham sido tão boas (ou ainda melhores) que as minhas!
Boas festas pra tds, e muitos livros <3


Olá leitores e leitoras!
Hoje vim fazer uma resenha rápida desse livro e sortear o outro exemplar dele (novinho) que eu tenho aqui em casa!

Resenha:


Título: Recomeço
Ano: 2014
Editora: Intrinseca
Páginas: 304
Autora: Cat Patrick

Minha Opinião:


•Sinopse: "Tudo começou com um acidente de ônibus. Daisy Appleby era pequena demais para lembrar — tem apenas flashes do acidente que a matou e de ter sido trazida de volta à vida. A partir daquele momento, ela se tornou uma das catorze crianças que fazem parte de um programa secreto do governo que visa aprovar um novo medicamento: o Recomeço. Dez anos depois, Daisy, agora com quinze, já morreu outras quatro vezes. A cada morte ela recebe um novo sobrenome, vai para uma nova cidade e ganha uma nova história. A única constante em sua vida é a própria inconstância. É ao chegar à cidade de Omaha — então com a identidade de Daisy West — que ela conhece Matt e Audrey, seus primeiros amigos de verdade. Enquanto tenta criar raízes em mais um lar, ela começa a descobrir segredos sobre o programa Recomeço, e, quanto mais informações vêm à tona, mais Daisy percebe que não passa de um peão em um jogo sinistro, que pode revelar que seu mundo — e tudo no ela que acredita — é uma grande mentira."

Minha Opinião:
    O livro foi uma leitura rápida e sem muitos empecilhos.
   Gostei de muitas coisas que a autora incluiu na historia, como o vilão e os problemas que a protagonista vai enfrentar.
   Confesso que no fim lembro de ter ficado "Vai acabar assim?!", mas acho que depois de aceitar o último capítulo eu percebi que foi um bom final, e que a protagonista cresceu mesmo com perdas...
    O livro é narrado todo pela protagonista feminina Daisy, com capítulos curtos e dinâmicos.
    Eu li o livro no começo desse ano, e lembro que gostei da leitura, a autora (Cat Patrick) tem outro livro lançado no Brasil pela intrinseca, ele é intitulado Deslembrança.
    Recomendo o livro e acho que uma leitura facil e agradavel pra desopilar ou sair de uma ressaca literaria ;)


Sorteio:

•Regras:

1ª Seguir o blog em modo público (é só clicar no botão azul do lado direito que tem escrito "Participar deste site"). Se você já segue o blog não precisa fazer de novo <3

2ª Seguir o instagram do blog @simply_one_story


•Informações;
Não me responsabilizo por estravio dos correios
Será apenas um ganhador
Data de realização: 13/12/2016 até 13/02/2017
O ganhador será anunciado no Instagram do blog o/
Boa sorte a todos!

Qualquer duvida podem perguntar nos comentarios desse post ^-^

Então é isso gente,
beijinhos literarios :*


Oi oii ser humaninhos do planeta terra,
Hoje vim trazer resenha de um livro gringo menos conhecido o/

#ProjetoDeFeriasParaBlogs

Título: Em Busca de WondLa
Ano: 2010 (EUA)
Editora: Intrinseca
Páginas: 400
Autor: Tony DiTerlizzi (ilustrador de As Crônicas de Spiderwick)



Sinopse:
"Eva Nove tem doze anos e sempre morou com Mater, uma robô azul-clara extremamente amorosa e maternal, em um abrigo subterrâneo ultratecnológico no planeta Orbona. Quando um estranho invade e destrói o lar que as duas dividem, a menina é obrigada a fugir para a superfície - um mundo que ela só conhece por meio de holoprogramas. Apesar do perigo, é a primeira chance que tem de perseguir seu maior desejo: encontrar alguém como ela, outro humano. Eva sabe que eles existem porque guarda um item valioso: uma ilustração de uma garotinha, um adulto e um robô, junto de uma estranha palavra: "WondLa". A busca vai levá-la a descobertas que vão muito além de suas maiores expectativas, em uma jornada surpreendente, divertida e emocionante, que vai tirar o fôlego do leitor e inspirar muitos sonhos.

'Uma aventura irresístivel. Mal posso esperar para ler os próximos.' - Rick Riordan, autor da série Percy Jackson e os olimpianos. "

Resenha:
    O livro é diferente de tudo que li, no começo não me prendi muito a historia (acho que por não dar a devida atenção ao mundo que o autor criou), mas depois eu me fascinei, tudo no livro desencadeava algo em certo momento, até a coisa mais simples depois era sitada novamente e tinha utilidade. Mas não se preocupe, você não tem que ficar decorando as coisas, nem se preocupar com uma linguagem muito rebuscada, ou ter sacadas de outro mundo.

    O livro é narrado toda pela personagem principal, Eva Nove, que tem apenas 12 anos, daí você tira que a linguagem na verdade é facil e prossegue sem empacar na leitura. Eva viveu todos os seus doze anos no santuario, sendo assim não tem muito conhecimento de mundo na pratica, o que faz com que acompanhemos seu crescimento como personagem. No começo na verdade eu não gostava muito dela (achava que ela só reclamava) mas acho que qualquer um que nunca saiu de uma "casa" no subterrâneo ficaria assim. É esse espirito aventureiro e curiosa que salva Eva varias vezes, e claro, os amigos que ela faz no caminho. Eu simplesmente me apaixonei por Otto (um dos personagens que aparece depois) <3 ele é uma especie de urso-d'água, alguém que eu simplesmente não pude deixar de amar rsrs.

    O mundo em que Eva se encontra quando saí do santuario não parece nem um pouco com nossa terra, existem diversas especies de plantas e animais que o autor criou, e fez um trabalho maravilhoso desenhando-os (sim o livro é ilustrado!) e descrevendo seus habitos e cultura *-*

    Em Busca de WondLa é o primeiro livro de uma trilogia, publicada aqui no Brasil até o segundo volume (também pela editora intrinseca) em 2013. Mas não se preocupe, a trilogia já esta completa e a Editora Intrinseca anunciou que o lançamento do terceiro livro aqui no brasil é em 2017.

•Classificação: Ficção Científica (apesar de ser um livro "juvenil" eu indico a todos porque é otimo!)

•Nota: 5/5 (Dei 5 estrelas porque acho que a edição é muito completa, e achei incrivel o mundo que o autor criou, apesar de eu ter demorado lendo gostei bastante).

•Observações: Enquanto eu lia me lembrei bastante de quando li Percy Jackson e o Ladrão de Raios (mesmo as histórias não tendo muito a ver, a sensação que o livro me passou foi praticamente a mesma) :3

É isso gente,
essa resenha vai ficando por aqui, mas eu poderia falar mais sobre o livro *-* ashuasua
Espero que vcs tenham gostado ;)


Olá leitores e leitoras desse nosso mundinho literário,
Como vcs estão?

     Hoje eu vim aqui, primeiramente, pra me desculpar pela ausência nesses 4 meses que eu fiquei sem postar. Confesso que vários fatores compilaram pra isso, entre eles a falta de tempo e o desanimo com todo o corre corre de vestibular e mudança de escola.

     Por isso achei legal criar um projeto, junto com o @oxegaroto do instagram, com temas semanais que animassem eu e os outros blogs a postar com frequência e ter uma maior interação <3
       O #ProjetoDeFeriasParaBlogs ou #PFPB (parece até nome de partido né?! ashuashua)
     Quem quiser participar pode falar comigo por aqui ou pelo insta que eu coloco no grupo do WhatsApp *-*

     SEM MAIS DELONGAS, o tema dessa semana foi "Empoderamento Feminino".
  Pra quem não sabe empoderamento feminino é o ato de conceder o poder de participação social às mulheres, garantindo que possam estar cientes sobre a luta pelos seus direitos, como a total igualdade entre os gêneros, por exemplo.
     Eu achei que seria legal falar desse tema trazendo para o plano literário, então eu separei alguns topicos que eu estava realmente animada para falar!




- Autoras que constroem personagens femininas fortes

    Falar de grandes personagens femininas hoje em dia nem é dificil, temos muitas personagens literalmente guerreiras, como a Katniss (de Jogos Vorazes) e a Tris (de Divergente). Mas com o adjetivo forte eu quis também dizer personagens bem construidas. Mulheres, autoras, que criaram toda uma historia e estruturaram personagens fortes, por tudo que enfrentaram e iriam enfrentar, ou ainda personagens que estariam descobrindo sua força. Personagens tão humanas quanto nós, mas que justamente por isso lutaram.

     Por isso decidi falar de um dos livros da Rainbow Rowell: Eleanor&Park. Nele temos a história da Eleanor, uma menina que vive com a mãe (em seu segundo casamento) e com outros irmão menores. Acompanhamos a mudança de escola de Eleanor, que além de novata não se encaixa no nosso padrão de beleza de magra, alta e feminina. Para variar o padrasto dela é horrivel com a mãe, com ela e os irmãos menores, inclusive ele ameaça Eleanor em um momento da historia e escreve xingamentos em seus cadernos. Quando eleanor acha um amigo, esse padrasto quer ela longe dele, diz que ela só tem essa amizade porque ela está tendo um caso com Park. Eleanor aguenta tudo, e ainda cuida dos irmão na casa pequena e tem sonhos, ela gosta de pintar e não vê a hora de poder ser "livre".
Eu sinceramente me apaixonei pela história e acho que Eleanor é uma dessas personagens forte!


- Poetisas com textos tocantes

     Claro, esse tópico é um pouco relativo, pois o que me toca pode não tocar vocês da mesma forma, mas mesmo assim eu quis trazer um poemas que me diz "Continue. Continue independente de.".
     Continuar, sendo quem somos, continuar lutando, continuar vivendo, continuar tentando, continuar acreditando... As vezes é tão dificil continuar. E como o tema do post é Empoderamento Feminino, acho que esse é um bom poema pra nos animar a continuar mesmo diante do mundo.

Autotomia
Wislawa Szymborska

Diante do perigo, a holotúria se divide em duas:
deixando uma sua metade ser devorada pelo mundo,
salvando-se com a outra metade.

Ela se bifurca subitamente em naufrágio e salvação,
em resgate e promessa, no que foi e no que será.

No centro do seu corpo irrompe um precipício
de duas bordas que se tornam estranhas uma à outra.

Sobre uma das bordas, a morte, sobre outra, a vida.
Aqui o desespero, ali a coragem.

Se há balança, nenhum prato pesa mais que o outro.
Se há justiça, ei-la aqui.

Morrer apenas o estritamente necessário, sem ultrapassar a medida.
Renascer o tanto preciso a partir do resto que se preservou.

Nós também sabemos nos dividir, é verdade.
Mas apenas em corpo e sussurros partidos.
Em corpo e poesia.

Aqui a garganta, do outro lado, o riso,
leve, logo abafado.

Aqui o coração pesado, ali o
 Não Morrer Demais,
três pequenas palavras que são as três plumas de um voo.

O abismo não nos divide.
O abismo nos cerca.

     Esse poema ficou em minha cabeça quando minha professora de literatura leu para a sala na semana do Setembro Amarelo da minha escola. Gosto dessa parte em especial "Morrer apenas o estritamente necessário, (...) Renascer o tanto preciso a partir do resto que se preservou." pois ela me faz lembrar que as adversidades nos mudam, ou até machucam, mas mesmo que parte de nós nunca mais seja a mesma, que renaçamos e continuemos.


-Escritora Negra

    Eu decidi falar da  Chimamanda Ngozi Adichie, escritora Nigeriana que aos dezenova anos se mudou para os EUA e em 2007 ganhou o Orange Prize. Ela é conhecida no Brasil pelo livro "Sejamos Todos Feministas", mas eu queria mesmo é falar do livro dela Americanah.
     Confesso que ainda não li nenhum livro dela, mas não é por falta de vontade (falta dinheiro mesmo pra eu ter um exemplar de seus livros em minhas mão ashuashua).
     Eu vou deixar aqui a sinopse do livro pra ficar como indicação, ele tem uma personagem feminina negra e forte, e só pelo fato de também poder conhecer um pouco da nígera através desse livro eu fico curiosa pra ler!

Lagos, anos 1990. Enquanto Ifemelu e Obinze vivem o idílio do primeiro amor, a Nigéria enfrenta tempos sombrios sob um governo militar. Em busca de alternativas às universidades nacionais, paralisadas por sucessivas greves, a jovem Ifemelu muda-se para os Estados Unidos. Ao mesmo tempo que se destaca no meio acadêmico, ela depara pela primeira vez com a questão racial e com as agruras da vida de imigrante, mulher e negra. 

Quinze anos mais tarde, Ifemelu é uma blogueira aclamada nos Estados Unidos, mas o tempo e o sucesso não atenuaram o apego à sua terra natal, tampouco anularam sua ligação com Obinze. Quando ela volta para a Nigéria, terá de encontrar seu lugar num país muito diferente do que deixou e na vida de seu companheiro de adolescência. 
Principal autora nigeriana de sua geração e uma das mais destacadas da cena literária internacional, Chimamanda Ngozi Adichie parte de uma história de amor para debater questões prementes e universais como imigração, preconceito racial e desigualdade de gênero. Bem-humorado, sagaz e implacável, Americanahé, além de seu romance mais arrebatador, um épico contemporâneo.

'Em parte história de amor, em parte crítica social, um dos melhores romances que você lerá no ano.' - Los Angeles Times
'Magistral… Uma história de amor épica…' - O, The Oprah Magazine.

Vencedor do National Book Critics Circle Award.
Eleito um dos 10 melhores livros do ano pela NYT Book Review. "



    Creio que dava pra abordar varios outros aspectos nesse tema, mas confesso que estou mesmo feliz de poder ter escrito este post (ainda bem que a internet é um lugar aberto pra essas coisas).
     Espero que vcs tenham gostado!
     Bjsss literários e empoderados pra vcs :*


Hello Readers!

Como vcs estão?
Então, hoje recebi o exemplar de Poemas de Origami direto das autoras e vim trazer a resenha pra vcs :3


Título: Poemas de Origami
Ano: 2015
Editora: All Print
Páginas: 52
Autoras: Julia Mikita e Isabella Pawlak

•Sinopse: "Origami é uma arte milenar do Japão, que consiste na criação de formas através da dobradura de papéis, sem o uso de cortes. Poema é uma obra literária, que emociona e sensibiliza o leitor. Os Poemas de Origami representam a união da sensibilidade humana com a habilidade manual de poder criar formas apenas com um pedaço de papel; escritos a 7 mãos por duas jovens poetas favorecendo a concentração, a paciência, a inspiração, a emoção, a dedicação, a composição e a satisfação pessoal de fazer algo realmente criativo entre centenas de dobraduras, versos, estrofes ou simplesmente prosa, repleta de sentimento, profundamente humana; sob os auspícios de paz e harmonia, das quatro estações do ano, que registram através de um haicai, o passar do tempo entre o céu e a terra, do Oriente ao Ocidente."

    Como as duas autoras são bem jovens a linguagem dos poemas é fácil e fluente, de modo que a leitura fica leve e dinâmica.
    O livro é dividido em 5 partes, as quatro estações do ano (Verão, Outono, Inverno e primavera) e uma quinta parte chamada Yoko.
    Os poemas das duas autoras estão espalhadas pelas partes, de modo que não sabemos quem escreveu cada poema, o que me causou aquela curiosidade boa do tipo "quem escreveu esse poema aqui?".
    Na entrada de cada parte temos um lindo desenho de um origami e uma citação de Matsuo Bashô (poeta famoso do período Edo no Japão. Durante sua vida, Bashô foi reconhecido por seus trabalhos colaborando com a forma haikai no renga - forma de poesia japonesa).
    Cada um das estações tem exatamente 5 poemas, e a parte da Yoko tem 4 poemas e uma proposta bacana para cada um fazer seu Tsuru (ave sagrada do Japão símbolo da saúde, boa sorte, felicidade, longevidade e fortuna).
    Vou mostrar alguns trechinhos de meus três poemas preferidos pra vocês ficarem querendo mais! Heuheu

    -É preciso
    "É preciso fechar os olhos
     Para dormir,
     Mas nem sempre é preciso
     Dormir para sonhar.
     (...)"

    -Cezario, Imigrante do País das 
     Estrelas
    "Você partiu.
     Foi embora.

     Na mesma hora,
     Soube que não voltaria mais.

     Isso dói. Machuca.
     Corta o coração e o pensamento.

     Então minhas lembranças voltam
     E me consolam.

     E sem querer, no vazio da noite escura,
     Encontro o brilho dos seus olhos, nas estrelas do céu."

    -Momentos
    "A vida é feita de momentos
     (...)
     Eles não podem ser guardados,
     Ou congelados,
     Vivem no agora...
     E morrem no já foi."

    Lindos né?
    Pois é, são coisinhas delicadas assim, exatamente como os origâmis, que vocês vão encontrar no livro.
    Devo admitir que esse foi o primeiro livro de poesia que li, e fico muito feliz dele ser de duas autoras nacionais jovens!

Então é isso,
Espero que tenham gostado da amostra dos poemas que coloquei pra vcs e da resenha!
Beijinhos (de origame) :*

P.s.: Abaixo segue o link das redes sociais das autoras ;)
Instagram @poemas_de_origami
Facebook: Poemas de Origami



Olá Leitores e Leitoras!

Bem vindos a mais um post (rsrs)! o/
Simmmm, HOJE TEM RESENHA :p

•Título: Mais Que Uma Escolha
•Ano: 2016
•Editora: [Lançamento Independente]
•Páginas: 221
•Autora: Bruna Longobucco


•Sinopse: "Sara é filha de pais separados. A mãe, Maria, é uma mulher ambiciosa e sem escrúpulos. Seu pai, Almir, é um fazendeiro rico e tacanho. Não consegue lidar com a filha e a associa à ex-mulher, por quem sente profunda mágoa, o que forma um abismo entre eles. Por imposição da mãe, Sara de repente é forçada a largar a faculdade e a cidade onde vive para passar um tempo na fazenda do pai, no interior de Minas Gerais. E lá ela se envolve com Caio, o jovem administrador das terras com quem Almir tem uma forte ligação. Antes que a razão possa se manifestar, nasce ali um amor forte e incontrolável. Porém, uma série de enganos e contratempos acaba por separar o casal. 
O tempo passa. Sara se torna uma profissional realizada, tem um filho de 5 anos e muitas contas para acertar com o pai e o ex-marido. Quando conclui sua Residência em Medicina Veterinária ela decide que chegou a hora de enfrentar o passado e sua volta intempestiva vai surpreender a todos que vivem na Fazenda Fivela de Ouro.
O que ela não sabe é que ainda existe alguém capaz de tudo para impedir que ela se aproxime de Caio.
Mais que uma escolha é um romance envolvente e cheio de conflitos. Uma história de desencontros, suspense e paixão."


    Este é um livro nacional e de lançamento independente que eu tive a oportunidade de ler!
    A Bruna, autora do livro, tem vários livros lançados, todos independentes, ela tem muita experiência muito grande com os lançamentos de seu livro e no site dela podemos perceber a sua evolução publicando-os. A cada livro novo temos uma capa mais bonita, uma sinopse mais envolvente e diagramações caprichadas.
    Como esse é um livro mais recente pude contemplar uma diagramação linda! *-*


    Como o título e sinopse dizem a narrativa gira entorno de Sara, e das várias escolhas que ela toma ao longo do  livro para dar rumo à sua vida.
    O legal da ideia central, é que podemos perceber por que as personagens fazem suas escolhas.
    Logo no começo do livro temos um Prólogo que nos conta um dia do passado de Sara, quando ela tinha 14 anos. Com ele temos esse relance de como tudo desenrolou entre as personagens.
    Como é um Romance Mineiro, a autora muito atenciosamente teve o cuidado de colocar palavras típicas e sotaque nas personagens do interior, o que nos dá aquele gostinho de ir a outra região do país.
    O enredo é cheio de reviravoltas, confesso que tive horas que simplesmente não suportava os vilões, as suas atitudes e decisões.
    O livro também contém trechos de outros livros, como na página 109.


    O livro é bem dinâmico e pra quem gosta de romances mais quentes temos umas partes mais... Apimentadas? Heuheu

Vocês podem saber mais da autora:
-Pelo facebook: https://m.facebook.com/profile.php?id=1547419952
-Pelo blog: http://www.brunalongobucco.com.br
-Pelo Instagram:
@BrunaLongobucco


Quem Escreve?
Template desenvolvido por Follow your dreams